TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

24/02/2017 Encontro anual dos bispos no Regional Oeste 2 Realizaram seu encontro anual no CENE, sede do Regional Oeste 2 da CNBB

Os bispos do Regional Oeste 2 realizaram seu encontro anual no CENE (Centro Nova Evangelização) em Cuiabá-MT, sede do Regional Oeste 2 da CNBB em 20 a 23 de fevereiro de 2017.

No dia 20, após a chegada, na parte da tarde, deu-se início aos trabalhos de organização do evento, concluindo com a celebração eucarística às 18hs.

No dia 21, terça feira, as atividades começaram com a celebração eucarística, seguida, durante toda a manhã, por uma partilha fraterna entre os bispos, sobre a realidade das suas dioceses.

No período da tarde, às 14h15, o secretário executivo da CNBB – RO2, Pe. Jair Fante, fez apresentação geral das realidades do RO2, tanto no seu aspecto administrativo (prestação de contas) quanto também, em seu aspecto pastoral. Em relação à regularização patrimonial do CENE, acordou-se o andamento da reflexão com a CNBB Nacional para um possível desmembramento do CENE, assim como a sequência para a averbação do prédio com as necessidades de adaptações, projetos, etc.

Na segunda parte da tarde, o Pe. Edson Sestari, apresentou apontamentos sobre a realidade atual do SEDAC, nos aspectos administrativos e acadêmicos. O dia foi encerrado com o jantar.

Todo o dia 22 foi dedicado à Faculdade SEDAC, com celebração eucarística, reunião com professores, reunião com os formadores, assim como, com o Tribunal Eclesiático, orientado pelo Pe. Evandro Stefanello. O dia dedicado ao Sedac terminou com jantar servido a todo o corpo acadêmico da Faculdade.

Também foi escolhido o vice presidente do regional: Dom Canísio Klaus, bispo de Sinop, além dos bispos referenciais: Dom Juventino Kestering para a pastoral juvenil, Dom Vital Chitolina para a pastoral da criança, Dom Derek Byrne para a renovação carismática e o padre Jair Fante para acompanhar a liturgia regional.

No dia 23, quinta feira, após a celebração eucarística matinal, a manhã foi distribuída em dois momentos: a) o “Projeto Uganda”, uma sugestão de intercâmbio sócio religioso com uma comunidade da África. Uma das missionárias envolvidas, Fabiany, apresentou a realidade local e suas perspectivas missionárias futuras. Os bispos acharam por bem dar continuidade nas reflexões atentando para a orientação e parecer das POM´s (Pontifícias Obras Missionárias – Brasília), solicitar ao bispo local de Uganda um pedido expresso aos bispos do RO2, assim como, acercar-se de elementos que assegurem a realização e continuidade do projeto futuramente. Que o projeto seja algo consistente do Regional Oeste 2 e não iniciativas próprias de alguma pessoa ou organismo individual. Houve também a solicitação de cuidados para com a documentação dos fatos e sua legalidade.

Às 10hs30, houve reunião com o governador Pedro Taques, fato pré-agendado pelo secretário Pe. Jair Fante. O Secretário dos Bispos, Pe. Jair, expos, brevemente, a realidade da Igreja Católica no Mato Grosso com suas dioceses, sua realidade geográfica, assim como, suas lideranças ativas em mais de 4.500 comunidades. Acentuou, também, a importância da Faculdade Sedac, como espaço de apoio acadêmico e, o CENE, como espaço irradiador de vigor pastoral para todo o Regional.

Em seguida, Dom Neri, Bispo de Juína e presidente do RO2, apresentou as preocupações principais dos bispos do Mato Grosso, tanto nos seus aspectos pastorais quanto também administrativos e principalmente ecológicos. Vários bispos do Regional acentuaram o sofrimento do povo nas periferias e zona rural do Estado, assim como, o descuido para com a saúde pública, as escolas e a segurança do Povo de Deus.

O secretário dos Bispos, Pe. Jair Fante, lembrou ao governador, que no estado do MT, temos muito espaço para pés de bois (há mais de 30 milhões de cabeças de gado), muita terra para pés de soja (o maior produtor do Brasil), muita terra também para pés de algodão (aqui se produz o melhor algodão do país), mas lamentavelmente, não temos muita terra para “pés de gente” (ainda não chegamos a 3 milhões e 300 mil habitantes). Pediu, assim, mais cuidado para com as pessoas que aqui vivem, pois elas são o elemento principal da ecologia e, ao mesmo tempo, são elas que votam e elegem os políticos, crendo que terão a principal atenção dos eleitos.

O encontro dos bispos terminou com o almoço, sendo que o governador e toda a sua equipe aí também tomou parte.

 

Pe. Jair Fante

Secretário da CNBB – RO2

Confira algumas fotos do Encontro