TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

03/10/2018 Edições CNBB inaugura loja com lançamento de livro sobre iniciação cristã

Um novo espaço está disponível para os que moram ou visitam Brasília (DF) adquirirem documentos, livros e subsídios da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A editora Edições CNBB agora oferece em sua sede, no Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte (SAAN), uma loja com os títulos que colaboram na ação evangelizadora da Igreja no Brasil. A inauguração contou com o lançamento de um destes títulos: “E seguiram Jesus… Caminhos Bíblicos de iniciação”.

O livro é fruto do trabalho do Grupo de Reflexão Bíblico-Catequética (Grebicat) e de teólogos convidados. Alguns desses especialistas participaram de processo de elaboração do Documento 107 da CNBB “Iniciação à Vida Cristã: itinerário para formar discípulos missionários”. A obra foi organizada por Therezinha Motta Lima da Cruz e padre Antonio Marcos Depizzoli, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB e quem fez uma exposição sobre a elaboração do livro e o processo de iniciação à vida cristã no lançamento do livro.

O primeiro capítulo do Documento 107 destaca o encontro de Jesus com a Samaritana como ícone para todo processo de iniciação à vida cristã. O livro “E seguiram Jesus” inspira-se, fundamentalmente, no primeiro capítulo do documento. “São 13 textos bíblicos que ajudarão Catequistas e agentes da Iniciação à Vida Cristã a continuarem criando intimidade com a Sagrada Escritura, aprendendo com Jesus a aproximarem-se, acolherem e acompanharem cada pessoa no seu crescimento na fé”, afirmou padre Depizzoli.

Ele mencionou um trecho de um dos capítulos do arcebispo de Curitiba (PR) e presidente da Comissão para a Animação Bíblico Catequética da CNBB, dom José Antonio Peruzzo, sobre os elementos no relato de Jesus na casa de Mateus que reforçam a afeição e a fraternidade, algo necessário para o processo de evangelização. “Com Jesus, aprendemos a viver a fé e transmiti-la com alegria e entusiasmo”, sublinhou

Confira a notícia na íntegra