TEMPO COMUM "Vocês que buscam a justiça na Lei, se desligaram de Cristo e se separaram da Graça." (Gl 5,4)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

08/10/2019 “Da lei de Deus recebemos inteligência necessária para os trabalhos a serem empreendidos”

Foi de um brasileiro a proposta de como começar a jornada de trabalho no Sínodo para Amazônia, hoje (08/10), no Vaticano. Os participantes, juntos com o Papa Francisco, se reuniram para a oração da Hora Média. A reflexão foi proposta pelo arcebispo de Belém do Pará, dom Alberto Taveira.

Com palavras motivadoras, dom Alberto afirmou que somos todos convidados a proclamar que a Palavra do Senhor é “mais doce do que o mel silvestre abundante em nossas terras”. O arcebispo falou sobre a certeza de que “da lei de Deus recebemos a inteligência necessária para os trabalhos a serem empreendidos, comprometendo-nos a rejeitar todos os caminhos da mentira”, baseado-se no Salmo 118(119).

Hoje, no Sínodo para a Amazônia, alguns participantes se manifestam sobre a realidade na própria região. Cada um pode falar por quatro minutos.