TEMPO COMUM ''Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem.'' Jo 10,27

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

13/11/2019 Assembleia Regional da Pastoral da Catequese

Nos dias 08 a 10 de novembro de 2019. No Centro Nova Evangelização (CENE), em Cuiabá as coordenações diocesanas de Catequese de Iniciação à Vida Cristã se reuniram para uma avaliação da caminhada, aprofundamento da Mistagogia na Catequese, um olhar sobre o Sínodo, estudo, parte das Diretrizes da CNBB sobre os Pilares da Casa: Palavra, do Pão, da Caridade e da Ação Missionária. Também foi realizado o planejamento para o ano de 2020. Dom Juventino, bispo de Rondonópolis-Guiratinga foi o assessor e aprofundou o tema: “A mistagogia como caminho de conversão, de perseverança e inserção na caminhada eclesial”.

Momento expressivo foi a partilha das dioceses apresentando seus desafios, conquistas e caminhos a serem percorridos. A Iniciação à Vida Cristã está presente em todas as dioceses, mas ainda de uma forma lenta e com muitas resistências por parte das famílias, catequistas, padres e comunidades. Há forte tendência de volta à catequese como preparação ao sacramento e não para a vida cristã. Em especial no mundo urbano a catequese precisa dar as razões da fé e da perseverança.

Dom Juventino, na sua exposição em forma de interação com os integrantes reafirmou a Iniciação à Vida Cristã! e disse que “ser iniciado na vida de Cristo, no modo de viver de Cristo, conhecer e seguir seus passos… É um nascer, renascer e conascer”. Ainda afirmou que não há uma receita. O Papa no final do Sínodo nos disse: “avançar, fazer desabrochar”. Uma pétala de rosa é bonita, mas se ela não desabrocha, ela não gera nova vida. Buscar caminhos, inteirar-se dos métodos, da linguagem. É importante lembrar que catequese é catequese, tem seu método, sua linguagem, sua progressividade, seu roteiro, sua dinâmica. Dai o catequista tem que ser catequista”.