TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

12/05/2016 Arquidiocese de Cuiabá acolherá a Coord. Nacional e Coordenadores de Setor de MT, MS, GO e DF

Pastoral da CriançaNova coordenadora nacional da Pastoral da Criança participa de encontros em todo o país.
Para que as crianças tenham vida plena garantida. É por este motivo que a Pastoral da Criança atua em todo o Brasil, acompanhando mais de 1 milhão de crianças e 61 mil gestantes, garantindo o cuidado durante toda a primeira infância: deste o ventre materno até os 6 anos de idade. E para que isso aconteça, mais de 180 mil voluntários estão mobilizados, sendo que 99 mil fazem o trabalho de visitas mensais e dão orientações sobre saúde e desenvolvimento a todas as crianças acompanhadas.
Encontro será no CENE entre os dias 26 e 29 de maio/2016.
Com a intenção de fortalecer a missão e trocar experiências, a Pastoral da Criança volta a realizar, durante o primeiro semestre de 2016, os Encontros Regionais, que reúnem coordenadores da entidade em nível estadual, regional e diocesano. “Queremos ouvir o que as bases mais precisam para melhorar na missão”, explica a coordenadora nacional, Irmã Veneranda Alencar, que deve comparecer nos sete encontros – que iniciaram em março e devem acontecer até julho. O próximo Encontro Regional acontece entre os dias 26 e 29 de maio, reunindo coordenadores dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e do Distrito Federal.
Irmã Veneranda, que foi oficialmente nomeada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para a função durante o mês de março, pode, com os Encontros Regionais, conhecer de perto como está o andamento da entidade em cada região do país. O primeiro encontro da nova coordenadora com os voluntários aconteceu em Belo Horizonte, quando foram reunidos participantes dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, no mês de março. “O primeiro sentimento [como coordenadora] é de gratidão a Deus por esta bela missão na Igreja. Sinto alegria, força na missão, ânimo e muita fé, pois estas lideranças se renovam e isso nos renova também”, afirma. As regiões Sudeste, Sul e Norte também já receberam a visita da coordenadora.
Desafios atuais
Para a coordenadora, o maior problema a ser enfrentado no momento pela Pastoral da Criança é conseguir novos voluntários, em especial os líderes comunitários que fazem o acompanhamento das crianças. E este é um dos propósitos com os encontros. “Esta escassez de voluntários não é só na Pastoral da Criança, mas em todas as pastorais. Acredito que, com fé em Deus, o entusiasmo e compromisso dos lideres atuantes, o apoio de nossos pastores, padres e bispos, a cada dia podemos despertar novas lideranças”, aponta.
Além desta pauta, os encontros se dedicam ainda a fazer uma análise de cada região a partir de indicadores locais, consolidar ações permanentes, como a do articulador de saúde, que faz a ponte entre a comunidade e o Conselho Municipal de Saúde, além de debater novas atividades da entidade, como o Acompanhamento Nutricional – ação que promove um perfil nutricional mais completo das crianças acompanhadas, e que está em fase de expansão para todo o país.