TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

20/09/2017 2º Encontro de Formação da Pastoral da AIDS Agentes e missionários de varias dioceses participaram

Com o objetivo de promover um serviço por meio da Igreja na contenção da epidemia da AIDS e fortalecer o trabalho já desenvolvido, com ações dentro e fora da igreja, a Pastoral da AIDS –CNBB, promoveu neste final de semana, (16 e17) de setembro no Centro Nova Evangelização (CENE) em Cuiabá, o segundo encontro de formação para agentes pastorais.
Todos os missionários e agentes pastorais que participam da ação evangelizadora da Pastoral da AIDS foram convocados a estarem no encontro, foi um momento de reflexão, espiritualidade e ação. “É a partir de encontros como este, que iremos conhecer outras realidades, também refletir sobre a missão evangelizadora que a Pastoral da AIDS desempenha, além é claro de traçar ações para fortalecer as atividades de frente que a pastoral tem lutado”.
Afinal qual o objetivo da Pastoral da AIDS?
A Pastoral AIDS é uma pastoral da Igreja Católica no Brasil, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que tem como objetivo o serviço de prevenção ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e a assistência aos soropositivos, acompanhando e defendendo seus direitos.
“O objetivo da Pastoral da AIDS- CNBB é promover um serviço, por meio da Igreja, na contenção da epidemia da AIDS. É fortalecer o trabalho já desenvolvido, criar ações dentro e fora da igreja. Queremos que os padres, bispos, seminaristas, missionários, toda a comunidade religiosa e sociedade civil organizada, conheçam a Pastoral e seu trabalho e principalmente sua missão evangelizadora”. Explica a coordenadora regional oeste 2 da Pastoral da AIDS, Maviane Damitz.
“Nosso trabalho precisa ser difundido dentro da igreja e dentro da comunidade, porque precisamos acolher as pessoas que necessitam. Um trabalho pastoral vai além dos limites territoriais da igreja, os agentes pastorais vão para a rua lutar pela dignidade humana, e por uma vida em abundância”. Explica a agente pastoral, Dores Emores Martins Gonzaga.
Para a agente de pastoral e também soro positivo, Iderci Inácia Gomes Novais, a pastoral da AIDS na igreja tem sido para as pessoas portadoras do soro positivo, uma esperança para uma vida repleta de luz. “A Pastoral mostra-nos de maneira cristã, que alguém se preocupa com nosso bem estar, com nossa vida. Enche-nos de esperança. A pastoral tem uma maneira diferente com orientes de AIDS, nos mostra que diante da dor e do sofrimento, ainda existe saída, que Deus nunca nos desampara. A pastoral nos olha com a mesma misericórdia do pai, incluindo e nos libertando para a vida”.

Quer conhecer a Pastoral da AIDS e fazer parte desta equipe entre em contato com a coordenadora regional (66) 9 9998-2597 Maviane