TEMPO COMUM ''Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem.'' Jo 10,27

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

06/02/2019 Vaticano e as POM lançam Guia para o Mês Missionário Extraordinário

O Vaticano, por meio da Congregação para a Evangelização dos Povos, e das Pontifícias Obras Missionárias (POM) lançou recentemente, uma versão em português, do Guia para o Mês Missionário Extraordinário. O objetivo do Guia é servir às dioceses em suas necessidades de formação e animação missionária, preparando os fiéis ao redor do mundo para se viver o Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco, para outubro deste ano, por ocasião do centenário da promulgação da Carta Apostólica Maximum Illud do Papa Bento XV.

O Guia servirá para inspirar a criatividade das Igrejas locais e seus cristãos em enfrentar os desafios relacionados com a evangelização da missão ad gentes, sem qualquer pretensão de ser exaustiva reflexão teológica ou sistemática e missão catequética. As partes referidas no Guia correspondem às dimensões espirituais indicadas pelo Papa Francisco na proclamação do Mês Missionário Extraordinário: o encontro pessoal com Cristo vivo na Igreja, o testemunho dos santos e mártires da missão, formação e missão catequética caridade missionária. O texto foi publicado em inglês, italiano, francês, espanhol e português.

Para reavivar a consciência batismal do Povo de Deus em relação a missão da Igreja, o Papa Francisco escolheu para o Mês Missionário Extraordinário o tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”.

No Brasil o Grupo de Trabalho (GT) do Mês Missionário Extraordinário 2019, nomeado na 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil já se encontrou três vezes para formular a proposta de atividades e apresentou à reunião do Conselho Permanente da CNBB, de novembro de 2018.

Segundo o bispo de Chapecó (SC), dom Odelir José Magri, coordenador do Grupo de Trabalho do Mês Missionário Extraordinário 2019, o GT buscou seguir a orientação dos bispos de não propor uma sobrecarga de ações para além do que as dioceses já fazem. “Vamos buscar integrar as ações do Mês Missionário Extraordinário na dinâmica do que as paróquias e dioceses já tem”, disse dom Odelir. Confira abaixo, propostas de ação que podem orientar o planejamento das ações nas dioceses e regionais.

 

Confira a notícia na íntegra