TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

16/07/2016 Projeto Conectados na Vida

Projeto Conectados na Vida (12)Encerrou no último dia 14 de julho o Projeto Conectados na Vida, desenvolvido pela Pastoral da Sobriedade em parceria com a Escola Municipal Frei Milton Marques da Silva. O projeto contribuiu ricamente na vida das crianças que foram orientadas pela equipe da Pastoral.

O Projeto “Conectados na Vida” abordou a questão das drogas, hoje grande devastadora das famílias. Com uma linguagem simples e de fácil entendimento, um grupo voluntário de pessoas realiza um trabalho de prevenção ao uso de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas.

De forma acolhedora resgatou os valores, cujo respeito pela vida humana está em primeiro lugar. É um trabalho orientativo, cujo público alvo são crianças com idade entre 8 e 9 anos, alunos da 3ª fase do 1º ciclo do Ensino Fundamental.

O trabalho da equipe da Pastoral foi satisfatório, bem como, o desenvolvimento das crianças com relação aos temas abordados a cada encontro, visto que o projeto teve a duração de um semestre com encontros semanais com os alunos.  Os encontros realizavam-se todas as quintas feiras onde o grupo era esperado com expectativa por parte das crianças.

Acredito que todo o trabalho foi de grande valia, essa parceria entre a Pastoral e a Escola que muito contribui para uma sociedade mais humana. Acredito que o tripé da sociedade hoje fortalecendo os vínculos entre escola – família – igreja estas instituições juntas poderão oferecer às nossas crianças e aos nossos jovens um futuro melhor.

É importante lembrar que não só as crianças, como também suas famílias foram assistidas pelo projeto, pois as mesmas foram agraciadas com três encontros onde receberam orientações e palestras informativas, cuja abordagem centralizava nos valores, no amor de Deus, no respeito à família, no amor ao próximo.

 

A semente foi plantada e num futuro bem próximo, nossas crianças serão os voluntários de amanhã, jovens e adultos conscientes do que a droga faz com nossas famílias e assim serem capazes de dizer frases que muito foram ditas durante o projeto: Drogas, to fora!  Vida sim, drogas não!  Sou inteligente, não uso drogas!