TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

23/02/2017 Encontro da Comissão de Liturgia evidencia processo de formação litúrgica no Brasil Três setores estiveram presentes na reunião

Três setores estiveram presentes na reunião que também recebeu entidades promotoras da vida e da formação litúrgica

A Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reuniu, em São Paulo (SP), na casa de encontros Sagrada Família, entre os dias 17 e 19 de fevereiro, os Setores de Arte Sacra e Espaço Litúrgico, de Música e Canto Pastoral e de Pastoral Litúrgica. Foram recebidos no evento os membros das Equipes de Reflexão dos respectivos setores e entidades promotoras da vida e da formação litúrgica.
O encontro, de acordo com a Comissão, evidenciou para todos a existência, no Brasil, de um processo de formação litúrgica, que teve sua origem nos primórdios da renovação litúrgica com a promulgação da constituição conciliar Sacrosanctum Concilium sobre a sagrada liturgia e a realização do Instituto Superior de Pastoral Litúrgica (Ispal).
Durante o encontro, houve partilha por parte das entidades e escolas convidadas, reflexão e conclusões, em vista da ação conjunta dos Setores da Comissão de Liturgia da CNBB e das próprias entidades e escolas de formação litúrgica. “A rica partilha das Entidades e dos Cursos ressaltou a necessidade da continuidade da formação litúrgica em perspectiva mistagógica, com particular atenção à realidade antropológica, eclesiológica e pastoral”, explica o assessor da Comissão para a Liturgia, frei Faustino Paludo.
Coordenou a reunião o bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA) e presidente da Comissão Episcopal para a Liturgia, dom Armando Bucciol, acompanhado pelos outros membros do grupo: os bispos de Paranaguá (PR), dom Edmar Peron, e de Paranavaí (PR), dom Dom Geremias Steinmetz.
“Os desafios que emergiram da partilha e a reflexão litúrgico-pastoral enfatizaram a urgência do trabalho articulado entre os Setores e as Entidades promotoras da vida e formação litúrgica”, destaca frei Faustino. Os Cursos e Escolas de formação litúrgica agendaram um novo encontro para a data de 28 de abril a 1º de maio do próximo ano, em Crato (CE).

Entidades e escolas

As entidades promotoras da vida e da formação litúrgica presentes no encontro promovido pela Comissão para a Liturgia da CNBB são as seguintes: Associação dos Professores de Liturgia do Brasil (Asli), o Centro de Liturgia Dom Clemente Isnard, a Revista de Liturgia, a Rede Celebra e o Curso Ecumênico de Música Litúrgica (Celmu). São as escolas e cursos de formação litúrgica: a Especialização Litúrgica do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal) e de Goiânia, atualização litúrgica do Nordeste (Nordestão de Liturgia) e da Amazônia.

50 anos de Medellín

Às vésperas dos 50 anos da realização da II Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, em Medellín, na Colômbia, foi marcante no encontro o apelo de se revisitar os enunciados do documento sobre a liturgia publicado na ocasião, em 1968, bem como o texto que surgiu do Encontro das Comissões de Liturgia dos países da América Latina, realizado no ano de 1972.