TEMPO COMUM ''Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem.'' Jo 10,27

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

09/11/2018 Dom Severino Clasen faz balanço do legado do Ano Nacional do Laicato no Brasil

O bispo de Caçador (SC) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, dom Severino Clasen, em entrevista ao portal da CNBB, fez um balanço da vivência e dos legados do Ano Nacional do Laicato na Igreja do Brasil, cujo início se deu dia 26 de novembro de 2017, na Festa de Cristo Rei. Ao contrário do Ano Mariano, em 2017, não haverá uma data de encerramento, mas um momento de culminância que será marcado pela 9ª Assembleia Nacional dos Organismos do Povo de Deus de 22 a 25 de novembro, em Aparecida (SP), especialmente pela Romaria Nacional do Laicato ao Santuário Nacional. Segundo dom Severino, as conquistas do Ano Nacional do Laicato têm reflexos no Brasil, no Celam, na América Latina, e no Dicastério para o Laicato, Família e Vida, em Roma. “O Ano fez com que as dioceses no Brasil assumissem gestos concretos de evangelização tendo os leigos como protagonistas”, disse. O lema que inspirou a realização de inúmeras experiências espalhadas pelo Brasil foi: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5, 13-14. Leia, abaixo, a íntegra da entrevista.

Qual o balanço da realização do Ano Nacional do Laicato?

As conquistas do Ano Nacional do Laicato têm reflexos no Brasil, na América Latina, no Celam e em Roma, no Dicastério para o Laicato, Família e Vida. Os resultados são muito positivos. É maravilhoso ouvir e constatar os êxitos da semana missionária que vem trazendo frutos de conversão, um rosto de Igreja alegre. O espírito missionário tem levado a mensagem de Jesus Cristo para muitos âmbitos da sociedade.

O clamor dos cristãos leigos e leigas, “sal da terra e luz do mundo” atingiu outras esferas da sociedade, abrindo as portas e deixando que a luz do Evangelho trouxesse novos ares nos corações humanos. Apresentou uma Igreja com rosto de portas abertas como pede o papa Francisco, fez com que as dioceses no Brasil assumissem gestos concretos de evangelização tendo os leigos como protagonistas, como: semana missionária, palestras sobre temáticas pertinentes a Evangelização propostas pela Comissão Nacional sobre o Ano do Laicato, formação permanente para o clero em inúmeras Dioceses refletindo sobre a teologia do laicato, Congressos diocesanos e regionais, caminhadas e peregrinações levando o estandarte da Sagrada Família, pedindo luzes e coragem para que a presença, o testemunho e ação dos cristãos leigos e leigas transformassem as relações machucadas da sociedade em fraternidade universal.

Confira a notícia na integra