TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

16/12/2016 Dom Paulo Evaristo Arns será enterrado na cripta Catedral da Sé A cerimônia na cripta será transmitida pela TV e acompanhada por familiares, bispos e autoridades

A cerimônia na cripta será transmitida pela TV e acompanhada por familiares, bispos e autoridades
dom-pauloO arcebispo de Brasília e presidente da Conferência nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) Cardeal Sérgio da Rocha e o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, vão participar da cerimônia de sepultamento do arcebispo emérito de São Paulo, cardeal Paulo Evaristo Arns.
O corpo do arcebispo emérito será enterrado nesta sexta-feira, 16, na cripta Catedral da Sé, no Centro de São Paulo. O sepultamento será feito após a celebração presidida pelo arcebispo metropolitano cardeal Odilo Scherer, às 15h.
Dom Paulo Evaristo que morreu na quarta-feira, 14, aos 95 anos será o primeiro cardeal enterrado no local. No espaço estão sepultados dois arcebispos, 11 bispos, três padres e o cacique Tibiriçá, primeiro cidadão de São Paulo, batizado e catequizado pelos jesuítas. O último arcebispo enterrado no local foi Dom Josephi Gaspar, em 1942.
A cripta é uma capela subterrânea que comporta, em média, 80 pessoas, sendo 55 cadeiras fixas e 30 colocadas durante cerimônias. Dom Paulo dedicou sua vida aos pequenos e se destacou na luta pelos direitos humanos durante a ditadura militar. Ao lado da irmã, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns Neuman, fundou a pastoral da criança. A morte de dom Paulo foi comunicada em nota e divulgada pela Arquidiocese de São Paulo que iniciava recordando o lema episcopal do cardeal “Spe in spem (De esperança em esperança)”.
O sinal de TV da transmissão da celebração da Eucaristia antes do sepultamento estará disponível no satélite star one c3 HD. Segundo a Arquidiocese de de São Paulo, a transmissão será feita pela Rede Vida de Televisão.
Telões espalhados dentro e fora da Catedral possibilitarão que os fiéis acompanhem esse momento. O sepultamento será realizado na cripta da Catedral e, em função do espaço pequeno, somente os familiares, cardeais, arcebispos e autoridades presentes poderão participar. Após o sepultamento, a cripta será liberada para a visitação do povo.
A assessoria de imprensa da Arquidiocese de São Paulo também informou que os jornalistas não poderão entrar na cripta, mas que todo o material feito por uma equipe multimídia vai registrar em vídeo e fotos estará disponível sem custo.

Os dados para os interessados na transmissão:

Datélite star one c3 HD
Frequência banda C: 3695 MHz
Frequência banda L: 1455 MHz
Satélite: C3
Banda: 6 MHz
Polarização: 2AE

Fotos: Uol e Arquidiocese de São Paulo