TEMPO COMUM ''Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem.'' Jo 10,27

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

30/03/2019 Diocese de Rondonópolis-Guiratinga prepara 28ª Romaria dos Mártires

A diocese de Rondonópolis-Guiratinga prepara a 28ª Romaria dos Mártires que vai acontecer em Rondonópolis-MT, no dia 07 de abril de 2019 com o tema: Profetas da Fé, esperança e da Justiça e lema: “Serás liberto pelo Direito e pela justiça” (Is 1,27).

Romaria é tempo de celebrar e manter viva a memória daqueles e daquelas que doaram a vida em defesa das pessoas e hoje são testemunhas de fé, de compromisso e de entrega ao projeto de Deus. Mártires – homens e mulheres que doaram a vida por causa de Jesus Cristo, pela vida do povo, defesa dos pequenos, defesa da ecologia e de Politicas Públicas para todos. São vinte oito anos de testemunho, de caminhada, de compromissos e neste ano em defesa da criação, da vida, da justiça e de Politicas Públicas.

O que motiva o romeiro a caminhar? É por causa de Jesus, Mártir dos Mártires. Aquele que veio ao mundo como enviado do Pai. Por amor à humanidade doou a sua vida pela instauração de seu projeto de amor em defesa de seus filhos e filhas e pela nossa salvação.

A bíblia narra em muitos livros a caminhada do povo que se põe em romaria, Abraão partiu de Ur e foi para a terra que “Deus lhe deu”. Moisés acompanhou orientou a caminhada do Povo de Israel, saindo do do Egito para a terra prometida. Os Judeus piedosos anualmente faziam a sua romaria até o templo. Jesus caminhava de um lugar para outro acompanhado por multidões. Caminhar, ser romeiro é algo inerente à pessoa humana. Assim, neste ano, como nos demais, cada paróquia da cidade acolhe seus romeiros, oferece água, lanche para depois caminharem juntos. E o povo vai se reunindo formando a multidão dos que creem e testemunham publicamente a sua fé.

A Campanha da Fraternidade faz um convite aos cristãos: Cobrar Políticas Públicas que favoreçam a Vida Plena para todos. A promoção de Politicas Públicas, é um direito e um dever de cada cidadão, mas cabe aos governos incentivarem as Políticas Públicas a serviço de todos especialmente dos mais desvalidos. E este desafio está inserido no tempo da quaresma, tempo de conversão de atitudes e gestos concretos de conversão.

O trajeto da caminhada tem como concentração a Praça da URAMB, ao lado da Câmara de Vereadores, às 16:00 horas. A caminhada segue pela Rua 13 de maio, entrando na Rua Presidente Kennedy, seguindo pela Rua Rosa Bororo em direção ao Cais, onde nasceu a cidade de Rondonópolis Para a celebração da eucaristia às 18:00 horas, bem como assumir os compromisso de fé e de caminhada.

Dom Juventino Kestering

Diocese de Rondonópolis-Guiratinga