TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

12/02/2016 Crescimento do Sedac é elogiado pelo Regional Oeste 2 da CNBB

DSCN3167 (1)“A cada dia o Sedac consolida sua história, sua caminhada como entidade educacional, e, com isso, reconhece a própria missão e o serviço que presta ao nosso grande Mato Grosso”. É com esta declaração que o presidente do Conselho Episcopal do Regional Oeste 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Neri José Tondello, classifica a importância da Faculdade Católica – Sedac (Studium Eclesiástico Dom Aquino Corrêa) no contexto das nove dioceses, incluindo a  Arquidiocese de Cuiabá, que compõem  o território eclesiástico da igreja no Estado.

Para dom Neri José, que é bispo da Diocese de Juina, o Sedac transcendeu o provincianismo quando atingiu em 2015 o grau máximo de consideração de Direito Pontifício do Vaticano pela qualidade do Curso de Teologia.

“Além disso, a instituição alcança a maturidade através do reconhecimento do MEC (Ministério da Educação) aos cursos de Teologia e Filosofia e também de Psicologia, que está sendo preparado para iniciar as atividades neste ano”, destaca dom Neri, lembrando que outros cursos na área de Ciências Humanas, como o de Pedagogia, estão sendo organizados pela direção geral do Sedac.

E isso mostra, de acordo com o presidente do Regional Oeste 2 da CNBB, que a Faculdade Católica está firme no propósito do crescimento com eficiência e responsabilidade social. O bispo dá como exemplo dessa solidez o lançamento da Revista Studium e a construção do auditório multiuso, na sede da faculdade, em Várzea Grande, com capacidade para 400 lugares.

“Esse espaço, que começou a ser erguido no ano passado, vai beneficiar a comunidade acadêmica do Sedac e todo o regional”, disse dom Neri, assinalando que a Revista Studium, com artigos de caráter científico, direcionada para as áreas da Filosofia, Teologia e afins, vem consolidar a trajetória da Faculdade Católica.

Atuação – Dom Neri também está entusiasmado com o trabalho desenvolvido pelo Regional Oeste 2. Na abertura do semestre acadêmico do Sedac, no dia cinco de fevereiro, ele disse que são muitos desafios, mas a amizade e o apoio dos colegas bispos têm sido fundamentais para o encaminhamento e execução das ações.

O Regional, além de Cuiabá e Juina, é composto pelas dioceses de Rondonópolis/Guiratinga, São Luiz de Cáceres, Sinop, Diamantino, Primavera do Leste/Paranatinga, São Felix do Araguaia e Barra do Garças. Depois da Santa Missa de abertura do semestre acadêmico, os bispos visitaram as obras do auditório, se reuniram com os professores e participaram de confraternização na sede do Sedac.