TEMPO COMUM Respondeu-lhes Jesus: "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus". (MT 22,29)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

12/02/2016 28 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Coxipó

No dia 14 de fevereiro a Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Coxipó celebrou o seu 28º. Aniversário.
Deus abençoe toda a Paróquia!!!.
Caríssimos irmãos e irmãs! Com alegria, estamos celebrando hoje, 14 de fevereiro de 2016 o 28º. aniversário da fundação da paróquia Nossa Senhora Aparecida. Sabemos que diversas pessoas passaram por esse chão e que com sua simplicidade, generosidade e dedicação ajudaram construir a história desta paróquia desde quando era comunidade pertencente à Paróquia Nossa Senhora da Guia.
Devemos todos agradecer muito a Deus porque grandes milagres aconteceram durante todo esse tempo. Durante esse período foram criadas novas comunidades. Muita gente nova chegou as pastorais e movimentos foram aumentando e se organizando. Nota-se nas pessoas uma grande alegria por verem a ação de Deus acontecendo em cada comunidade.
É certo que tudo foi feito com dificuldade, com luta, tendo que enfrentar problemas entre irmãos de comunidade, mas nada que impedisse o crescimento das comunidades, a união, a fraternidade, a paz e alegria de ouvir e viver o Evangelho.
Aqui dá para sentir bem o que é uma Igreja viva, que ouve, que canta, que se preocupa com os irmãos. Geralmente as comunidades de periferia são assim, pois são constituídas de gente simples, mais sensíveis ao amor de Deus e às necessidades dos irmãos.
Nem por isso vamos ter a ousadia de pensar que já está tudo bom e podemos nos acomodar. Pelo contrário: é preciso manter sempre no coração um espírito de humildade para perceber quanto ainda falta para cada um de nós para ser um autêntico cristão, a fim de que nos envolvamos ainda mais nos trabalhos pastorais, leiamos mais a Bíblia, os documentos da Igreja e outras leituras espirituais para que toda a Igreja e nossas comunidades sejam mais fervorosas e sinais visíveis do amor de Deus no mundo.
É a ação do Espírito Santo presente em todas as comunidades com os seus líderes e todo o povo de Deus. Tudo isso é motivo de muita alegria e constante ação de graças a Deus pelos imensos benefícios realizados por todos nós.
Voltando 28 anos para traz e observando a realidade daquele momento jamais poderíamos imaginar quantas graças Deus providenciaria para todos nós, uma pequeníssima porção de seu povo. Por isso é que podemos afirmar e proclamar com entusiasmo que Deus realizou grandes milagres no meio de nós.
Nesta Paróquia, seja na Matriz ou em qualquer uma de nossas comunidades, muitos de nós crescemos, fomos  batizados, recebemos a primeira Eucaristia, fomos crismados, alguns receberam o sacramento do matrimônio, outros partiram e muitos viram seus filhos e filhas seguirem o mesmo caminho. Enfim ao longo desses 28 anos de trabalho e integração, vivemos momentos felizes e agradáveis. Mas também vivemos momentos de dúvidas e incertezas.
Ser Paróquia é ser Igreja, povo que se organiza. Ser Paróquia é ser gente, gente que não baseia e fundamenta sua fé na figura de uns e outros ou de A, B e C. Mas baseia e fundamenta sua fé na face de Jesus, e é a esse Deus que uma Paróquia organizada deve seguir, louvar, adorar e prestar culto. Durante estes 28 anos podemos dizer que conhecemos mais profundamente a temática da partilha, vivenciada e construída através da ação do Espírito Santo, que fez nascer comunidades cristãs impulsionadas para o testemunho aberto e corajoso do nome de Jesus, isto é, para anunciar  a palavra e a ação libertadora do Pai.
Esperamos que estes 28 anos possam ter provocado o surgimento de uma grande novidade, que é transformar pessoas, relações e estruturas, que tenha provocado alternativas que se choquem frontalmente com os interesses particulares, fazendo brotar uma grande certeza.
Que ser Paróquia é ser uma grande família, comunidades unidas, organizadas e ligadas fielmente ao seu pastor na pessoa do pároco, hoje, na pessoa de frei Gilberto Bedin, tanto pela vivência comunitária como pelo empenho apostólico. Também é importante lembrarmos do 1º pároco frei Pedro Bianchi (In memorian) e frei Eliseu Menegat (2º. pároco). Sejamos sempre gratos a Deus; não nos cansemos de louvar e bendizer o seu nome e cantemos sempre com a intercessão de tantos e de tão importantes padroeiros e padroeiras que temos ao nosso lado, bem como dos freis capuchinhos que assim como Maria, dissera “Sim” ao chamado e hoje administram nossa Paróquia com grande carinho, amor e fraternidade.
Que nossa Padroeira Nossa Senhora Aparecida interceda sempre para que o nosso Bom Deus continue derramando o seu Espírito sobre nós, e assim ungidos, continuemos animados na missão. Aqueles que entenderam tudo isso ao longo destes 28 anos, podem cantar parabéns pra você.
Fraternalmente,
PascomNSAp
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=369