TEMPO COMUM "Vocês que buscam a justiça na Lei, se desligaram de Cristo e se separaram da Graça." (Gl 5,4)

INFORMATIVO

Cadastre e receba nosso informativo

23/08/2016 Paróquia São Luiz se prepara para os festejos de São Luiz, padroeiro de Cáceres "Fé que nos mostra o Caminho da Santidade"

b18b66844bb196d051dfed665a421143“Fé que nos mostra o Caminho da Santidade” com esse lema a Diocese de Cáceres ultima os preparativos para a grande festa católica que comemora o dia do padroeiro da cidade de São Luiz de Cáceres.
Marcando o encerramento da festa, no dia do padroeiro, 25 de agosto, acontece as 6 horas a alvorada Festiva, Ofício Divino e Café partilhado. Ao meio dia o almoço no Centro Paroquial São Francisco e às 18 horas Procissão luminosa com início na Praça da PM na Avenida Sete de Setembro.
O Bispo Dom Vilar, padres e coordenadores da festa, convidam a família católica a se fazer presente na novena, carreata, procissão, missas e festa social.

Sobre São Luiz de França
12082016031504o Luiz IX, rei e patrono de França, cuja vastidão de seus empreendimentos e a diversidade de aspectos
da sua vida inspiraram um famoso escritor francês a afirmar que nele “não se sabe o que mais admirar, se os atos do cavaleiro, do religioso, do patriarca, do rei ou do homem”.
Nascido em pleno século XIII, coube a ele governar um dos principais reinos da Europa em circunstâncias bem diferentes das atuais. Naquele tempo fazia parte dos encargos do Soberano, por exemplo, conduzir o exército para a guerra e lutar pessoalmente à frente de suas tropas. Teria sido incompreensível, como afirma Daniel-Rops, que um rei tão poderoso não tomasse parte no empreendimento das Cruzadas. Entretanto, acrescenta o historiador francês, “ao fazê-lo, devolveu-lhes a dignidade, a pureza de intenção e de comportamento que há tempos havia perdido”.
Ele pode ser considerado, antes de tudo, um homem que queria viver sob o olhar de Deus. Raramente se viu pessoa tão compenetrada de pertencer mais ao Céu que à Terra. Ao ponto de Joinville, seu fiel amigo ebiógrafo, resumir assim a sua vida: “Este santo homem amou a Deus de todo o seu coração, e O tomou como modelo em suas obras”.